Browsing Category

Filmes e Séries

Filmes e Séries

O que eu achei: Jurassic World

June 16, 2015
02

Dae gente!

Dia 11 desse mês estreou Jurassic World, da franquia Jurassic Park. Franquia esta que mora no coração de todo mundo que foi criança/adolescente nos anos 90 (de muitos adultos também, sejamos sinceros).

Ele é uma continuação do primeiro, aquele lá de 1993, que na minha opinião foi o melhor da trilogia “original”. Lembro que a primeira vez que vi Jurassic Park (já na TV) fiquei alucinada, só queria saber de dinossauro, de falar de dinossauro, ouvir dinossauro, respirar dinossauro. Inclusive, cresci e continuei assim por um bom tempo.

Mas agora, com Jurassic World, esse sentimento voltou.

DINOSSAURODINOSSAURODINOSSAURODINOSSAURODINOSSAURODINOSSAURODINO

eita chris pratt

O filme é perfeito para quem esperou malditos VINTE E DOIS anos por uma sequência que fizesse sentido em relação ao primeiro. Agora o parque já está entre nós há um tempão, funciona bonitinho e recebe milhares de visitantes todos os dias.

Acontece que essas pessoas já não se surpreendem mais com o fato de que um bicho extinto há milhões de anos tenha sido “de-extinto” e caminha por aí como se fosse algo normal. E se você parar pra pensar, nós somos bem assim, né?

Rola um monte de escabrosidade a nossa volta e a gente tá ok porque já acostumou.

Enfim, o que fazer quando o mundo não liga mais pra um animal de 140 milhões de anos, 5 metros e com fileiras de dentes maiores que a sua mão?

A gente faz um maior, mais assustador e com mais dentes, porque isso não tem chance nenhuma de dar errado, né? :)

Esse site tem a política do Spoiler Free, então isso é o máximo que vou contar.

eita zica

Jurassic World tem tudo que a gente quer ver: tem sangue, morte, Chris Pratt e dinosssssss (inclusive deixo aqui meu alô aos raptors: ALÔ RAPTORS),

Na cena que mostra os portões do parque se abrindo, logo no comecinho, meus olhos se encheram de lágrimas, porque aquilo tudo foi tão aguardado, que podia ser real.

Cara, vai ver. O filme já superou a bilheteria dos Vingadores e se tornou a maior D-A H-I-S-T-Ó-R-I-A.

É pouca coisa? É pouca coisa não.

PS: Eu sei que os atores não vão ganhar um Oscar por esse filme, mas essa é a magia do blockbuster.

Filmes e Séries

5 filmes de suspense para ver no Netflix

January 16, 2015
netflix
Fala galero!
Assim como muita gente, eu estou de férias. Na época da escola, férias era um negócio tão comum que eu não dava muito valor. (Tudo bem que 3 meses de férias numa cidade pequena entedia qualquer ser humano, mas mesmo assim, eu era meio besta).
Aí eu entrei na faculdade e comecei a estagiar. Foi quando eu percebi que: férias são VALIOSAS. Juro. Você pode viajar, conhecer lugares legais, pessoas mais legais ainda, fazer tudo que tava procrastinando de fazer, ler tudo que tem pra ler e ver todos os filmes que você acumulou porque não teve tempo de assistir antes.
E, falando em filmes, separei 5 belezinhas que estão disponíveis no Netflix (ou nos torrents da vida). Escolhi pelo gênero “suspense” pra poder fazer um negócio organizado e não me perder hahah
1. Psicopata Americano (American Psycho).

 

Esse filme, de 2000 é sensacional. Assisti há muitos anos e já não lembro de praticamente nada, mas essa cena do Christian Bale (♥) com o machado é demais. A da serra elétrica também.
No filme, seu personagem se chama Patrick Bateman, e é um cara que trabalha em Wall Street. Ele não tem nada de especial, ou de diferente, em relação aos outros colegas de trabalho. Rico, bonito, educado, vida boa, etc. Mas é só isso. De resto, uma vida bem vazia.
Aí que para preencher esse vazio ele sai matando pessoas. Doido, né?
(O filme, que é baseado em um livro, é muito mais que isso. Tem todo um significado cultural sobre individualismo, egocentrismo, indiferença, violência, etc. Vale muito a pena, vou rever hoje e surtar.)
2. Medo da Verdade (Gone Baby Gone)
Esse eu ainda não vi, então tá na lista de coisas-novas-para-ver. Me chamou atenção porque é baseado num livro do Dennis Lehanne, e eu sou apaixonada por tudo que ele escreve. É um puta dum escritor, Dennis ILY.
Quem dirigiu foi o Ben Affleck (outro ponto positivo) e quem protagoniza é o seu irmão Casey, junto com a atriz Michelle Monaghan.
Na história, os dois atores interpretam Patrick Kenzie e Angela Gennaro, respectivamente. Eles são detetives e recebem o caso de uma garotinha que desapareceu de dentro de casa, sem deixar rastros. A polícia também faz a sua parte na investigação.
Com o tempo, eles vão percebendo que a mãe mentiu sobre o que contou do ocorrido, outra criança desaparece e vira tudo uma zona.
Como toda história do Dennis Lehanne, o final é desses que dá uma grande reviravolta em tudo e deixa você com cara de “NOOOOOOOOOOSSSAAAAAAAAAAAAAA”.
3.  Ilha do Medo (Shutter Island)
Falando em Dennis Lehanne, não dava pra não colocar Ilha do Medo. Eu sei de cór, toda vez que passa na Warner eu paro o que tô fazendo pra assistir e já li o livro 3 vezes, mas são coisas da vida. Não tenho culpa se a história é incrivelmente boa e tem o Leonardo DiCaprio como Teddy Daniels e o Mark Ruffalo como o Chuck Aule. BEIJOS CHUCK, TE ADORO.
O filme conta a história do inspetor da polícia Teddy Daniels, que é mandado pra um hospital psiquiático para pacientes perigosos, investigar o desaparecimento de uma paciente. Acontece que o hospital é de segurança máxima e localizado numa ilha só pra ele.
A partir daí, é uma paranóia atrás da outra e quando chega no final você já não sabe mais quem é, de onde veio e pra onde vai. Lindo.
4. Se7en – Os Sete Crimes Capitais
A primeira vez que vi Se7en (que é de 1995), eu devia ter uns 8 ou 9 anos. Lembro trouxeram a fita cassete da locadora bem no finzinho da tarde e colocaram na TV da sala.
Logo no começo, quando acham o primeiro corpo eu já fiquei com aquela sensação de “sai daí, vai montar um quebra-cabeça, vê isso não, sai daí, SAI DAÍ.”Mas acabei ficando e vi o filme todo. E que puta filme. Mesmo sendo criança (e esse filme pode ser tudo, menos recomendado pra crianças) eu percebi que era um filme foda, tanto que depois vi de novo, e de novo. Fui crescendo e vendo sempre que dava.

Sob a direção do David Fincher, Brad Pitt fez um trabalho incrível. Junto com Morgan Freeman, eles vivem dois policiais responsáveis pela investigação de um serial killer que comete seus crimes baseando-se no 7 pecados capitais. Cada morte, cada corpo é a coisa mais ALUCINANTE do mundo.

5. Cães de Aluguel (Reservoir Dogs)
Cães de Aluguel é um filme de 1992, dirigido pelo Quentin Tarantino (♥). Se não me engano, foi um dos primeiros filmes dele, se não o primeiro. E aqui já vemos tudo que um clássico Tarantino tem que ter: sangue, muito sangue, violência, palavrão, aquela narrativa não-linear que deixa a gente com o olho pregado na tela pra não deixar passar nada. É demais.
O filme conta os prés e pós de um grande roubo de diamantes que deu errado. Nenhum dos criminosos se conhece, e todos usam codinomes de cores para se identificar. Tem gente que leva tiro, um acusando o outro, ninguém sabe direito porque que deu merda e vamos acompanhando a situação ficando cada vez mais tensa e insustentável.Tentei não contar muuuito dos filmes porque eu sou a rainha do spoiler-sem-querer. Quando eu vejo já contei o que não devia e estrago a surpresa dos outros hahah. Mas é isso gente, quem não viu nenhum, eu recomendo demais que veja, e quem já viu, sempre bom ver de novo, né não?

Fiquem na peace, andem pela sombra, não desidratem nesse calor.
Beijones.

Filmes e Séries, Moda

Os melhores filmes sobre moda para assistir na Netflix

July 6, 2014
IMG_8134
Não, essa não é uma propaganda da Netflix.
Mas se você, assim como eu, assinou a netflix se viu em um dilema: não sabe mais ver séries ou assistir filmes que não estejam no site. A preguiça toma conta de mim, e se você perguntar para a Amanda, pode ter certeza que ela vai responder o mesmo que eu. 
Então, aproveitando que hoje é domingo, e domingo é dia de ficar na cama comendo brigadeiro e assistindo filmes, eu separei alguns filmes que retratam o mundo da moda e estão a apenas um clique de distância.

1. Cinderela em Paris.
Acho que todo mundo gosta de Audrey, certo? Audrey é amor como atriz e como pessoa. E nada mais justo que começar a lista com um filme onde uma vendedora de livraria acaba virando modelo por acaso. 

2. Prêt-à-Porter.
A fã aqui da Sophia Loren não podia deixar ela de fora. O filme não está entre os meus preferidos e sinceramente também acho que poderia ser muito melhor. Mas quer algo que mais retrate o mundo da moda que os bastidores de um desfile de moda?

3. Abrindo o Zíper
Nem só de filmes vive a humanidade. Abrindo o Zíper é o documetário da minha lista de hoje. Ele acompanha o designer Isaac Mizrahi durante a criação de sua coleção de 1994.

4. Os Delírios de Consumo de Becky Bloom
Assisti esse filme na faculdade de Marketing e fiquei viciada nele. É muito bom, gente! Ele é divertido e ainda discursa sobre um problema muito grande de nós que somos viciados em moda (ou livros, filmes, séries, o que você quiser colocar aqui). Compramos loucamente e acabamos viciadas em comprar cada vez mais e mais. Onde vamos parar, desse jeito?

Bem, vou ficando por aqui. Esses são os interessantes que poderia recomendar para vocês e que claro, dá pra encontrar na Netflix. Se quiserem posso falar no futuro sobre alguns documentários do mundo da moda. São muito interessantes! Vale a pena assistir.
baci! 
Aproveite para me seguir nas redes sociais
Aproveite para seguir o blog nas redes sociais