Aleatório

Intolerância a lactose: é possível viver com ela!

July 5, 2014
IMG_8084

Olá pessoal, tudo bem? Depois que a Amanda contou para nós como virou vegetariana e mudou de vida ganhando super poderes, chegou a minha vez de falar sobre algo ligado a alimentação e que atinge essa pessoa que vos fala. A Intolerância a Lactose.

Esse bicho de sete cabeças que eu reclamo, mas aprendi a conviver (temos um relacionamento complicado) pode ser difícil de entender e muitas pessoas tem e nem sabem. Algumas só chegam a descobrir na idade adulta. 
Eu descobri aos meus 14 anos que tinha Intolerância a Lactose. Depois de passar mal durante 14 anos da minha vida, uma médica abençoada pelos cosmos descobriu qual era a razão do problema. E assim eu “parei de tomar leite”.
A primeira coisa que você deve saber sobre a intolerância a lactose é que ela é diferente da alergia a laticínios. Eu não fico vermelha, com coceiras ou vermelhões quando tomo leite. O processo que acontece no organismo é diferente. A Intolerância a Lactose ou Hipolasctasia é um transtorno onde o corpo tem uma quantidade insuficiente ou não tem a enzima necessária para romper a lactose em galactose e glucose: a lactase (valeu Wikipédia)
Isso é um problema? É. Mas lembrando o fato de que o leite de vaca não foi feito para humanos, e sim para os bezerros, existe uma lógica no seu organismo não conseguir digerir esse alimento. 
Os sintomas que eu tenho são diferentes de algumas pessoas e iguais o de várias. A quantidade de leite ingerida pode alterar os sintomas também, as vezes eles são maiores, as vezes inexistentes. Os mais frequentes são: gases, enxaquecas e cólicas abdominais. Eu também sinto uma dor muito grande no meu estômago. E essa dor é muito forte, eu fico imprestável nos dias que acabo ingerindo leite com ou sem querer.


OBS: Eu não sou médica, então se você acha que tem intolerância, não pare de tomar leite, simplesmente. VÁ NO MÉDICO. TENDEU?

A intolerância a lactose acabou prejudicando o meu organismo. Com a falta dos laticínios eu acabei tendo uma queda no cálcio do meu organismo e sou obrigada a buscar cálcio em todos os outros alimentos possíveis, assim como tomar remédio todos os dias.

Para o diagnóstico, existem testes um deles é até feito pelo SUS e foi o que eu fiz. Você toma uma dose de lactose em jejum e depois de alguns minutos são colhidas várias amostras de sangue que indicam o grau de glicose no sangue. Se não houver alteração, a pessoa é intolerante à lactose.

Por causa da intolerância a lactose eu não posso comer muita coisa. Entre essas delícias estão: – Leite de vaca ou cabra, queijos, queijos e queijos, muitos queijos e todos os tipos de queijos que eu gosto, manteiga, requeijão, creme de leite, leite condensado, iogurte, bolacha, bolo, pudim, adoçante em pó, chocolates ao leite e várias outras coisas.

Aos poucos eu descobri o quanto posso comer e o que me faz mais mal. Também acabei descobrindo vários produtos sem lactose que ajudaram a minha vida a ser mais feliz. Um exemplo deles é: A bolacha Oreo ♥

Resumindo: Não é difícil viver sem lactose. É um pouco complicado e muita gente acha que é frescura. E acho que por causa disso eu entendo muito bem quem tem limitações alimentares por vontade ou não. Já pensei seriamente em virar vegan por não poder consumir nenhum produto com leite, e sinceramente penso nisso todos os dias, quem sabe um dia eu não volte aqui falar mais sobre isso.

Já ouvi muitas pérolas durante esses anos de Vida sem Lactose. A mais frequente é chegar em algum lugar para comer alguma coisa e perguntar: “Isso é sem queijo?” e a pessoa responder veemente um “SIM, CLARO” e daí você morde e tem catupiry. Quantas vezes de ir falar com o atendente/garçon e falar “Moço, eu pedi sem queijo” e ele responder, mas não tem queijo, tem catupiry. Se me pegam em dias bons beleza, eu só saio sem comer, mas quando to atacada tenho que discursar que CATUPIRY também é queijo. Que Danoninho também é QUEIJO e que não… não rola colocar adoçante, não posso comer adoçante em pó também.

Aos pontos a intolerância até vira sua amiga e quando você não quer comer e estão te empurrando comida ou aquele prato não está com uma cara boa é só atacar pro: “Desculpe, mas eu não posso comer nada com laticínios”.

Eu vou ficando por aqui, antes que eu escreva uma monografia sobre o tema. Espero que vocês tenham gostado e eu tenha conseguido tirar algumas dúvidas. Caso você também tenha, um o/ virtual. E qualquer dúvida (se eu souber e puder responder) deixe nos comentários que eu responderei! Beijos

** Atenção novamente, nunca deixe de consultar seu médico, caso ache que tenha intolerância a lactose, é muito importante procurar um profissional qualificado. **
Aproveite para me seguir nas redes sociais
Aproveite para seguir o blog nas redes sociais

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply